Em comemoração aos 5 anos de atividade, a Galeria Tempo recebe, até o dia 4 de junho, a exposição "RIO", que conta com a participação dos fotógrafos: Custodio Coimbra, Evandro Teixeira, Leonardo Aversa, Renan Cepeda e Rogério Reis, com entrada Catraca Livre.

Cinco visões da cidade são representadas em todos os seus aspectos, algumas vezes de forma simbólica: do futebol ao carnaval, da zona norte à zona sul, os emblemáticos Morro do Corcovado e o Pão de Açúcar. De formação fotojornalista, os expositores possuem diário convívio com os acontecimentos da cidade, que faz com que conheçam todos os seus ângulos e possibilidades. As situações presenciadas e registradas por eles, as paisagens surpreendentes, revelam a combinação da luz com a geografia da Guanabara.

A exposição conta com uma média de 3 trabalhos de cada fotógrafo, alguns em preto e branco (Rogério Reis e Evandro Teixeira) e outros em cor (Renan Cepeda, Custódio Coimbra e Leonardo Aversa). Ao longo da mostra, poderão ser organizadas visitas guiadas com a curadora da galeria, Marcia Mello, para grupos especializados.

Sobre os fotógrafos

A fotografia o acompanha desde o início dos anos 70, dedicando-se nos últimos 30 anos exclusivamente ao fotojornalismo. Nascido no Rio de Janeiro, passou pelos principais jornais da cidade e há 20 anos trabalha no jornal O Globo. Tem fotos publicadas em vários jornais e revistas do mundo, por meio das agências internacionais de notícias. Foi o vencedor do Prêmio Esso de Contribuição à Imprensa, com a série “Retratos do Rio” em 2001, e Prêmio CNT de Fotografia em 2005. Em 2010, realizou uma individual na Galeria Tempo, quando lançou seu primeiro livro “Rio de Cantos 1000”, pela Editora Réptil.

O fotojornalista Evandro Teixeira realizou exposições nas principais capitais do mundo e recebeu vários prêmios, como o Prêmio Especial da Unesco (1993), e da Nikon no Japão (1975 e 1991). Seu currículo foi incluído na Enciclopédia Internacional de Fotógrafos, onde estão reunidos os maiores nomes da fotografia de 1839 até os dias de hoje. Suas fotos fazem parte dos acervos do Museu de Belas Artes, Zurique, Suíça; Museu de Arte Moderna La Tertulha, Cali, Colômbia; Masp, São Paulo; Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e Museu de Arte Contemporânea de São Paulo. Além disso, sua vida e obra foi retratada em documentário: “Evandro Teixeira: Instantâneos da Realidade”.

Começou a fotografar em 1988, tendo, desde então , publicado suas fotos nos principais jornais e revistas do país. Em 2000, foi escolhido pela World Press para representar o Brasil no projeto-Livro “Candy in the World”. No ano seguinte, participou do livro “Rio Zona Norte” e “ Orquestras sinfônicas” , com um ensaio fotográfico sobre a OSB. Em 2002, venceu o Prêmio Amazonas de Jornalismo Cultural e participou do projeto-livro A Imagem do Som / Tom Jobim . Em 2004, recebeu o prêmio Jornalismo para a tolerância, da Federação Internacional de Jornalistas (FIP). Atualmente é o responsável pela fotografia de cultura do jornal O Globo.

Nascido no Rio de Janeiro, começou a fotografar em preto e branco aos 11 anos de idade, profissionalizando-se em 1987. Atuou como fotojornalista nas maiores publicações no país e foi também correspondente da agência francesa SIPA-Presse no Rio de Janeiro de 1993 a 1995. Em 1996, fundou o “Arte de Portas Abertas” no bairro carioca de Santa Teresa. A série “Pichações” ja lhe rendeu prêmios como, International Agfa Photo Award (Alemanha 2004), bolsa-prêmio da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (FUNDARPE 2005) e prêmio-aquisição no 33º Salão de Santo André (2005). Dedica-se hoje integralmente à fotografia de arte. Neste ensaio sobre a paisagem do Rio de Janeiro, Renan Cepeda explora a técnica da fotografia infravermelha, que estuda desde 1991.

Nascido no Rio de Janeiro, descobriu a fotografia nas oficinas de arte do Museu de Arte Moderna (MAM-RJ) nos anos 70. Trabalhou como fotojornalista em alguns dos mais importantes veículos de comunicação do país (Jornal do Brasil, Jornal O Globo, rervista Veja). Participou da criação da primeira agência fotográfica independente do Brasil nos anos 80, a F4. Em 1999 recebeu o Prêmio Nacional de Fotografia da Funarte. Atualmente, é integrante do grupo de fotógrafos do projeto da UNESCO, “Our Place - the Photographic Celebration of the World’s Heritage” e é também, um dos fundadores e editores da agência de fotografias Tyba, sediada no Rio.

RIO

08 Abr
a
04 Jun

  • de 08/04 a 04/06
    • Terças, Quartas, Quintas, Sextas e Sábados das 11:00 às 19:00

Avenida Simão Bolívar - Jazz na Avenida
Avenida Simon Bolívar, s/n Armação Salvador - BA
Catraca Livre

08 Abr
e
04 Jun

  • de 08/04 a 04/06
    • Terças, Quartas, Quintas, Sextas e Sábados das 11:00 às 19:00
    • Terças, Quartas, Quintas, Sextas e Sábados das 11:00 às 19:00

Catraca Livre